1. Finanças

Como fazer reclamação no Santander?

É impossível uma empresa agradar 100% dos clientes, afinal de contas, cada pessoa possui anseios que divergem do restante dos correntistas. Sendo é assim, é comum que eventualmente se tenha alguma questão com a instituição e, por isso, é fundamental saber como fazer uma reclamação no Santander. A realidade é que esse é um procedimento um tanto quanto simples, mas que algumas pessoas têm certas dúvidas. Portanto, a fim de elucidar todas as questões, resolvemos elaborar esse artigo.

Como fazer reclamação no Santander
Teve algum problema com a sua conta Santander e precisa fazer uma reclamação, mas não sabe como? Então basta conferir esse artigo que iremos lhe mostrar todas as formas!

Por mais estudos que se façam e por mais que a tecnologia esteja em constante evolução, hoje em dia inexiste um sistema um perfeito. Isso quer dizer que tudo está passível a erros e falhas. Diante disso, é até compreensível que se tenha algum problema no aplicativo do seu banco, por exemplo. Mas ainda que esses problemas sejam até entendíveis, eles não devem nunca serem ignorados. É essencial fazer uma reclamação no Santander quando uma situação dessas ocorrer, e ensinaremos como fazer isso nesse artigo.

O banco Santander

A grande maioria dos brasileiros já está acostumado com a participação do Santander em território nacional. Inclusive, muitos até creem piamente que se trata de uma instituição completamente brasileira, mas a sua história é um pouco diferente. Na realidade, trata-se de uma empresa cuja fundação se deu na Espanha, no ano de 1857, mas foi apenas anos depois que a instituição chegou no Brasil. Apesar de atualmente o Santander ser considerado um dos grandes bancos brasileiros, esse não é o único título que a empresa carrega. O que muitos não sabem é que o grupo Santander é um grupo bancário global e é considerado o maior banco da zona euro. Aos que não sabem, a zona euro nada mais é que senão uma união monetária constituída por 19 estados-membros da União Europeia, onde todos eles adotaram oficialmente o euro como a moeda comum.

A zona euro é bastante importante e muito apreciada mundo afora. E o fato de o Santander ser o maior banco dessa região, significa bastante coisa.

Ou seja, apesar da gloriosa participação brasileira, o Santander tem diversos outros títulos para se vangloriar. Inclusive, segundo o ranking BrandZ, o grupo Santander foi considerado como a 3º marca mais valiosa da Espanha, avaliado em 8,756 milhões de dólares. Por muito tempo, o Santander estava restrito apenas a região hispânica, mas acabou se espalhando para outros países. A expansão do Santander aconteceu de uma maneira relativamente rápida, uma vez que foi sucedido por meio da aquisição de instituições bancárias que atuavam em outras regiões. Inclusive, em 1919 surgiu o Banco Central Hispânico, que foi o resultado da fusão de oito pequenos bancos. No entanto, as coisas não terminaram por aí, visto que depois desse ocorrido o Santander continuou a adquirir outros bancos. E foi nesse contexto que o banco chegou no Brasil.

Como o Santander chegou no Brasil?

Dificilmente o Santander seria um banco visado se ele chegasse em território nacional, uma vez que ele seria uma instituição completamente desconhecida. No entanto, tendo essa preocupação, ao invés de começar a instaurar agências físicas e se alocar nos estados brasileiros, o Santander fez diferente. Assim como adquiriu bancos hispânicos, com finalidade de aumentar sua participação, o mesmo ocorreu no Brasil. Para que iniciasse os seus serviços com certa autoridade, o Santander optou por comprar, no ano de 1997, o Banco Geral do Comércio S.A., mas as coisas não terminaram por aí. Ainda com certa preocupação em estar presente na vida de mais clientes, em 1998 o Santander resolveu comprar o Banco Noroeste S.A. Dessa forma, acabou conquistando mais clientes, adquirindo cada vez mais confiança e sendo mais reconhecido em território brasileiro. Mas o ápice do banco aconteceu apenas dois anos depois, em 2000. Esse foi o ano em que o banco fechou dois grandes negócios, alçando ainda mais seus serviços e conhecimentos. Uma dessas grandes compras foi a aquisição do Conglomerado Meridional, na época formado pelo Banco Meridional e o Banco Bozano, Simonsen. E ainda naquele mesmo ano ocorreu, o que até hoje é considerado o maior feito do Santander.

Esse fato marcou bastante a história do Santander, tanto que muitas pessoas só vierem ter conhecimento acerca dessa instituição com a aquisição do antigo Banespa.

Ainda em 2000, o Santander venceu o leilão de privatização do Banco do Estado de São Paulo S.A. (Banespa) que, na época, foi adquirido pelo valor de R$7,05 bilhões, sendo considerado a sua maior compra. O resultado dessa aquisição não poderia ter sido melhor, visto que a partir daquele momento a instituição passou a ser vista com muito mais apreço e passou a decolar no número de clientes. Os resquícios dessa compra podem ser enxergados até os dias atuais, visto que foi essa aquisição a responsável por deixar o Santander mais próximo de ser considerado um dos maiores bancos Brasileiros. Mas vale salientar que a instituição não se acomodou com essa compra, mas muito pelo contrário. A realidade é que o banco continuou procurando novas soluções para aumentar a sua participação no mercado brasileiro. Isso é tão verdade que, em 2014, o Santander Brasil anunciou a compra da Getnet, uma empresa fornecedora de máquinas de cartões e soluções de processamento de transações eletrônicas, que é altamente conhecida. Inclusive, hoje, o banco consta com mais de 40 milhões de clientes e tem participação em 12 países, o que só comprova a competência da instituição.

Por que o Santander recebe reclamação?

Após ter lido os tópicos anteriores, é possível que você esteja se perguntando o motivo das pessoas fazerem reclamação no Santander. O fato é que, independente da grandiosidade da empresa, nenhuma instituição é perfeita ou imune a erros. Inclusive, o fato de o Santander ter muitos clientes, de certa forma, contribui para que alguns problemas ocorram, já que o grande fluxo de clientes congestiona alguns canais de atendimento.

Há vários motivos para que o Santander receba reclamação, afinal de contas, por trabalhar diretamente com o público, é praticamente impossível agradar a todos. Porém, há algumas razões que fazem com que as reclamações sejam recorrentes.

No entanto, outra coisa que deve ser mencionada é que o Santander possui algumas ferramentas cujo intuito é de auxiliar e facilitar a vida dos seus correntistas. Mas, como já mencionado, nenhum sistema é perfeito, portanto estão passíveis de erro. Para que você compreenda um pouco mais sobre esse assunto, elencaremos alguns dos motivos que fazem com que os clientes reclamem da instituição.

Mau atendimento

Um fato unânime é que ninguém gosta de ser maltratado, no entanto, no Santander, não é raro ouvir relatos de correntistas afirmando que não tiveram um bom atendimento. Quando isso acontece, é quase que instintivo que nos sintamos desrespeitados, e a probabilidade de voltar a fazer negócio com determinado estabelecimento é praticamente nulo. E isso não é diferente quando o que se está em voga é uma instituição bancária. Infelizmente é mais comum do que se imagina esse tipo de relato. Há correntistas que afirmam terem sido desrespeitados pelos atendentes, seja através do telefone, seja presencialmente. Outros, inclusive, ainda dizem ter sido atendidos por pessoas completamente despreparadas que, ao fazer um questionamento, não conseguiram responder, deixando o cliente à deriva.

Verdades sejam ditas, ninguém gosta de permanecer em um ambiente do qual não tratam com devido respeito. Análogo a isso, é normal que as pessoas reclamem acerca do mau atendimento do Santander, principalmente porque pagam pelos serviços.

Aliás, é válido ressaltar que esse tipo de acontecimento também ocorre em clientes segmentados. Muitos acreditam que esse tipo de destrato ocorre apenas em correntistas da categoria varejo, mas não é bem assim. É verdade que o número de reclamações dentre os clientes Van Gogh e Select são menores, mas não inexistentes. Sendo assim, é um ponto que deve ser salientado.

Instabilidade nos sistemas

Esse é aquele tipo de problema que ocasiona em diversos transtornos, sendo esse inclusive o grande motivo para que muitos correntistas desejem encerrar a conta no Santander, e não é para menos. O intuito das ferramentas desenvolvidas pela instituição é para que os clientes tenham mais conforto e facilidade na hora de realizar as suas diversas transações. No entanto, acaba acontecendo justamente o oposto quando essas ferramentas não funcionam corretamente. Dentre um dos exemplos, é possível citar o ID Santander. Resumidamente falando, esse id é fundamental para autenticar a identidade do correntista, ou seja, para garantir que somente o titular da conta terá acesso. No entanto, diversos relatos mostram que o ID Santander é um tanto instável, visto que por diversas vezes ele apontou falhas. A exemplo, há correntistas que falam que simplesmente não conseguiram cadastrar o ID Santander.

Nenhum sistema é 100% estável, portanto, é até compreensível quando uma instabilidade acontece. O que não dá para aceitar é quando essas inconstâncias ocorrem com muita frequência. E, infelizmente, isso acontece bastante com o Santander.

E ao não conseguir cadastrar o id, a conta inteira fica praticamente inutilizável, já que sem esse cadastro não é possível fazer transferências, pagamentos, emissão de boletos etc., o que acarreta grande transtorno. Mas como se isso não bastasse, existe ainda outros problemas de instabilidade nos sistemas do Santander que são dignos de serem falados, os quais causam bastante insatisfação nos clientes. O aplicativo do Santander Way, falando de maneira resumida, serve para gerenciar todos os gastos do cartão, pagamentos, transações mais seguras etc. Ou seja, basicamente tudo está concentrado nesse app. No entanto, não é raro acontecer de o aplicativo simplesmente ficar indisponível, fazendo com que os clientes não consigam fazer absolutamente nada com suas contas. Esses e outros problemas são alguns dos motivos de reclamação por parte dos clientes.

Como realizar uma reclamação no Santander?

Se você se identificou com um dos problemas relatados acima e deseja fazer uma reclamação no Santander, é fundamental que você não deixe de fazê-lo. E isso ocorre porque, se um problema não é relatado, a empresa não tem como adivinhar e, como consequência, não terá como resolver algo que nem sequer sabe da existência. Sendo assim, por mais pequeno que seja o seu problema, não deixa de reclamar no Santander. No entanto, antes de fazer a reclamação no Santander, há algumas coisas que você deve fazer, bem como qual é o canal mais adequado para a sua manifestação. O banco dispõe de alguns canais, os quais fica a critério apenas do correntista escolher o que mais se adapta. E para que você saiba de todos eles, resolvemos reuni-los nesse artigo, basta verificar os próximos tópicos.

Central de atendimento

Se você é do tipo de pessoa que prefere contactar a empresa por meio telefônico, saiba que no Santander isso é possível. Porém, vale destacar que há três canais que se utilizam da telefonia, que é a Central de Atendimento, SAC, e Ouvidoria, e abordaremos todos eles nesse artigo. Caso você opte pela central de atendimento, vale ressaltar que ela deve ser contactada quando o assunto for referente a consultas, informações, transações e cancelamentos. Se é esse o seu caso, ligue para um dos seguintes números:

  • 4004 3535 – Capitais e regiões metropolitanas;
  • 0800 702 3535 – Demais localidades ou;
  • 0800 723 5007 – Pessoas com deficiência auditiva e de fala.

No entanto, antes de contactar esse canal, é interessante ficar atento ao horário de atendimento. Apesar de ele não ficar disponível o dia todo, é possível afirmar que ele tem um horário de atendimento bastante democrático. Esse canal fica disponível de segunda e sexta-feira, das 06h às 22h, aos sábados das 08h às 19h e domingo das 09h às 16h. É um tanto difícil encontrar um canal que atenda aos domingos, mas na Central de Atendimento isso é possível.

Serviço de atendimento ao consumidor

O Serviço de Atendimento ao Consumidor, também conhecido pela sigla “SAC”, é um canal existente em praticamente todas as empresas. E justamente por ser bastante conhecido que muitas pessoas procuram entrar em contato através desse meio. No entanto, vale ressaltar que ele deve ser contactado apenas quando quiser fazer reclamações, cancelamentos e informações gerais. Caso se encaixe nesses requisitos, ligue para um dos seguintes números:

  • 0800 762 7777 – Todas as localidades;
  • 0800 771 0401 – Pessoas com deficiência auditiva e de fala;
  • +55 (11) 3012 3336 – Ligações do exterior (a cobrar).

Assim como no tópico anterior, o horário de atendimento é bastante interessante, haja vista que é o mesmo da central de atendimento. Ou seja, ele funciona de segunda a sexta, das 06h às 22h, aos sábados, das 08h às 19h e aos domingos, das 09h às 16h. Como é possível perceber, é um atendimento bastante abrangente, e mesmo os que possuem uma agenda atarefada certamente serão contemplados por esse horário.

Ouvidoria Santander

A ouvidoria é um canal obrigatório em qualquer instituição, haja vista que ele funciona como sendo um órgão de segunda instância. Em suma, isso significa dizer que para poder contactar esse canal, é obrigatório que o correntista tenha tentado resolver o problema através do SAC ou pela Central de Atendimento. Se o seu intuito é entrar em contato com a ouvidoria, basta discar para o seguinte número:

  • 0800 726 0322 – Para todas as localidades;
  • 0800 771 0301 – Pessoas com deficiência auditiva e de fala.

Diferentemente dos dois canais apresentados anteriormente, a ouvidoria não possui horário de atendimento tão inclusivo. Para poder ter acesso a esse canal de atendimento, é fundamental que você tenha em mãos o número do protocolo do primeiro atendimento. Você deve recorrer a ouvidoria apenas quando não se sentir satisfeito com a resposta obtida pelo SAC ou pela Central de Atendimento.

Telefone pessoa jurídica

Até o tópico anterior, apresentamos as formas de contato com o Santander, mas apenas para pessoas físicas. No entanto, não são apenas os correntistas que têm problemas com suas contas, mas muito pelo contrário. Eventualmente, uma pessoa jurídica também pode ter algum problema e, nesse caso, é fundamental que se tenha nas mãos os devidos número telefônicos. Se esse é o seu caso, ligue para um dos seguintes números:

  • 4004 2125 – Capitais e regiões metropolitanas;
  • 0800 726 2125 – Demais localidades ou;
  • 0800 723 5007 – Pessoas com deficiência auditiva e de fala.

E-mail

O e-mail é um canal um tanto quanto não usual, haja vista que a grande maioria sempre opta por outros canais. No entanto, sempre há as exceções, e já que esse é um meio possível, não se pode deixar de citar. Contudo, é válido ressaltar que esse canal é dedicado para denúncias ou esclarecimento de dúvidas relacionadas à conduta inadequada ou antiética. Se você se encaixa nesses dizeres, é só enviar uma mensagem para o seguinte endereço eletrônico:

Esse canal é sigiloso e a manifestação pode ser identificada ou anônima, dependendo apenas do desejo do autor da mensagem. Diferente dos outros canais mencionados, esse não possui um horário de atendimento fixo. Portanto, é possível enviar a sua manifestação a qualquer horário do dia. Mas vale salientar que, geralmente, a resposta demora um pouco mais para ser recebida em relação aos outros meios.

A manifestação de indignação e reclamação, via e-mail, pode ser feito a qualquer hora do dia. Porém, fique ciente de que, geralmente, o tempo de resposta é significativamente maior se comparado com outros canais de atendimento.

Fora essas informações, é válido salientar que o Santander possui alguns outros canais de atendimento mais específicos, bem como para os clientes segmentados, como clientes Van Gogh, Select ou Private Direto. Além do mais, o Santander também tem canais para renegociações de dívidas. Para poder acessar esses e mais outros canais de atendimento, sugerimos que você vá até o site do Santander.

https://blogueiroconvidado.com
Do you like redacao's articles? Follow on social!
Comentários para: Como fazer reclamação no Santander?

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Tendências

    Login

    Seja Bem-Vindo

    Crie uma conta para poder publicar artigos como Blogueiro Convidado
    Junte-se