1. Hospedagem de Sites

Coisas para verificar antes de escolher uma hospedagem de sites

Isenção de responsabilidade: Este é um conteúdo gerado pelo usuário para Blogueiro Convidado, uma iniciativa Blogueiro Convidado para permitir que sua comunidade contribua e seja ouvida. Os pontos de vista e escritos aqui refletem os do autor e não de BlogueiroConvidado.com.

Escolher uma hospedagem de sites não é uma tarefa fácil – especialmente para iniciantes, que estão prestes a montar seu primeiro site. Com tantas empresas de hospedagem de sites disponíveis, vários tipos de hospedagem na web e necessidades diferentes que precisam ser satisfeitas, as ofertas de hospedagem de sites disponíveis podem sobrecarregar alguém que está apenas começando. 

Além disso, um bom provedor de hospedagem de sites tem uma influência crítica nos seus negócios online – sua velocidade e confiabilidade são essenciais para fornecer aos seus clientes uma ótima experiência do usuário em seu site. Como você toma uma boa decisão, especialmente quando é a sua primeira? 

Confira as 8 dicas para escolher a hospedagem de sites correta.

1. Comece verificando as opiniões e recomendações dos clientes

Embora algumas pessoas possam discordar de que essa é a primeira coisa para começar, se você é inexperiente, será difícil escolher uma empresa adequada sem confiar nas opiniões de outras pessoas . Use a Pesquisa do Google para encontrar o provedor de hospedagem que atende às suas necessidades, pesquise em fóruns ou blogs populares. Porém, lembre-se de que nem todas as avaliações são genuínas. 

Ao verificar a reputação de uma empresa de hospedagem de sites em um blog, teste o blog contra seu bom senso. Se parecer pouco profissional e os artigos publicados nele consistirem apenas em coisas “vendáveis”, é melhor sair e encontrar algo genuíno. Você pode até fazer algumas perguntas sozinho – nos comentários abaixo de um post do blog (mesmo abaixo deste – comece escrevendo o que você precisa para hospedar seu site).

Você pode gostar de ler:

👉 Lista de verificação para escolher o provedor de hospedagem de sites

👉 Saiba Qual a Melhor Plataforma Para Criar SEU Site!

👉 Por que você deve ler opiniões de empresas de hospedagem

2. Passe por diferentes produtos oferecidos

Depois de encontrar algo respeitável e recomendado para o tipo de empreendimento em que está interessado, verifique os diferentes tipos de planos de hospedagem que a empresa oferece. Normalmente, existem alguns planos diferentes, que podem ter nomes ligeiramente diferentes, mas no geral são na maioria das vezes bastante semelhantes:

Planos individuais (hospedagem compartilhada): eles começam por apenas R$3 a R$45 . Os pacotes mais básicos oferecem suporte a um domínio e recursos limitados do servidor (em um servidor compartilhado com muitos outros usuários). Em muitos casos, a largura de banda e o armazenamento são anunciados como ilimitados, mas se você tentar enviar muito tráfego para o servidor, será solicitado que você faça uma atualização ou seu site será excluído.

A hospedagem compartilhada é perfeita para iniciantes, que ainda estão experimentando seu site.

Servidores virtuais privados (VPS) e servidor dedicado – O primeiro ainda está em uma máquina compartilhada com uma parte dos recursos dedicados exclusivamente a você, enquanto no último caso você está pagando por uma máquina inteira. Geralmente, eles não são gerenciados e exigem conhecimento técnico ou um orçamento para alguém que possa gerenciar isso para você, mas são muito mais poderosos e oferecem muitas opções de personalização.

Revenda de hospedagem de sites – É uma oferta entre planos individuais e servidor VPS/Dedicado – permite definir várias subcontas na sua e alugá-las para outras pessoas.

A revenda de hospedagem de sites é perfeita para quem cuida de sites pertencentes a diferentes clientes de pequenas empresas.

3. Consulte as opções de atualização disponíveis

Na maioria das vezes, cada um dos tipos de serviços pode ser atualizado. Você deve verificar os diferentes níveis de hospedagem compartilhada/VPS disponíveis e garantir que você possa facilmente ir de um nível para outro (ou de um produto para outro, por exemplo, de uma hospedagem compartilhada para um VPS), sem perder tempo com a migração do site.

4. Verifique se as especificações técnicas atendem às suas necessidades

Cada um dos pacotes de hospedagem geralmente possuem informações detalhadas sobre RAM, espaço de armazenamento e transferência disponíveis. Certifique-se de escolher uma opção, fornecendo recursos suficientes para sua operação. 

Se você estiver criando um site de comércio eletrônico, com todas as imagens do produto, sua transferência poderá secar muito mais rapidamente do que em um blog típico. Da mesma forma, se o seu site é baseado em scripts que exigem muita RAM do servidor, verifique se as especificações técnicas atuais do servidor não diminuirão a velocidade de operação do site. 

Veja também outros recursos, como o número de domínios disponíveis ou o número e tamanho máximo dos bancos de dados disponíveis. 

Hospedagem barata é excelente para começar, mas mais tarde é inevitável que você precise atualizá-la para continuar expandindo seus negócios online. A melhor maneira de garantir que o pacote de hospedagem escolhido seja suficiente para suas necessidades é ligar para o suporte da empresa e perguntar a eles. Você aprenderá sobre as especificações técnicas e também verá com que suporte você pode contar.

5. Veja você mesmo como é o suporte técnico

Como dito no item 4, ligar para a empresa para ver como é a capacidade de resposta deles é uma ótima maneira de testar com quem você estará lidando no futuro – se houver algum problema técnico. Você pode contar com pessoas gentis e experientes do outro lado do telefone? Envie também um e-mail para o suporte técnico e veja que tipo de resposta você recebe. Leia também as opiniões de outras pessoas sobre esse assunto. Um bom serviço de suporte técnico fará de tudo para resolver seus problemas o mais rápido possível e, como resultado, você economizará muito dinheiro.

6. Verifique o tempo de atividade e a confiabilidade do servidor

Apesar de ser o número seis da lista, este é crítico. Pausas curtas ocasionais na operação do servidor que não diminuem a pontuação de tempo de atividade abaixo de 99,5% são aceitáveis. Você deve evitar qualquer coisa com pontuação abaixo de 99%. Embora a princípio você possa pensar que não há diferença entre 99% e 99,5% ou 99,9%, pois é tão pouco, pense dessa maneira – você nunca sabe quando seus clientes podem acessar o site, para não perder qualquer um deles. 0,5% em um ano equivale a quase 44 horas. Para sites grandes, são milhares de reais em perdas.

7. Veja se o painel de controle de hospedagem é fácil de usar

Um bom painel de controle de hospedagem permite que você execute as tarefas mais básicas – como instalar o WordPress, adicionar bancos de dados, contas FTP ou configurar email – em apenas alguns cliques, sem precisar chamar o suporte técnico. O mais popular é o cPanel, que é uma excelente opção, graças a milhares de guias disponíveis online que o utilizam na maioria das vezes. Também é seguro e atualizado com frequência, para que você não precise se preocupar em ter um painel de controle com erros ou inseguro.

8. Verifique o preço e calcule os custos

Tenho certeza de que para muitas pessoas, especialmente iniciantes, isso não é #1 – foi assim que escolhi o meu primeiro host, que por acaso foi um fracasso, pois até os plugins básicos do WordPress tornaram o site extremamente lento. É por isso que, neste guia, decidi colocá-lo por último, pois você deve considerar vários fatores antes de escolher a hospedagem de sites certa.

Se você está apenas começando, a maioria dos pacotes de hospedagem compartilhada será suficiente para você. No entanto, lembre-se de que, como geralmente custa entre R$3 e R$ 45, vale a pena verificar o que você recebe pelo preço. Suporte interno e qualidade, hardware rápido custará mais de três ou quatro reais, mas às vezes vale a pena na primeira vez em que você precisar de ajuda com seu site.

Isenção de responsabilidade: Este é um conteúdo gerado pelo usuário para Blogueiro Convidado, uma iniciativa Blogueiro Convidado para permitir que sua comunidade contribua e seja ouvida. Os pontos de vista e escritos aqui refletem os do autor e não de BlogueiroConvidado.com.

Comentários para: Coisas para verificar antes de escolher uma hospedagem de sites

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *