1. Saúde

Plano odontológico para MEI: saiba as vantagens

Isenção de responsabilidade: Este é um conteúdo gerado pelo usuário para Blogueiro Convidado, uma iniciativa Blogueiro Convidado para permitir que sua comunidade contribua e seja ouvida. Os pontos de vista e escritos aqui refletem os do autor e não de BlogueiroConvidado.com.

Diante de um mercado altamente competitivo, muitos profissionais baseiam a escolha das oportunidades de trabalho nos benefícios oferecidos pelas empresas. Mas e quem é autônomo? Bem, com um plano odonotlógico para MEI, esses empresários podem desfrutar dos mesmos benefícios, com um serviço ainda mais personalizado.

Geralmente, os custos de uma visita ao dentista são bastante altos, especialmente quando é necessário usar anestesias, exames, retornos ou manutenções frequentes e todos os materiais de restauração ou do tratamento de canal. 

Por isso, muitos trabalhadores autônomos não costumavam investir nesse cuidado, apesar de ser extremamente necessário manter os cuidados bucais para evitar doenças e complicações diversas.

No entanto, com a criação do MEI (Microempreendedor Individual), em 2009, o governo federal possibilitou que esses microempresários passassem a ter acesso a uma gama de benefícios que permitem a manutenção de uma boa saúde e melhor qualidade de vida.

Agora esses trabalhadores têm acesso a diversos direitos trabalhistas, como a licença maternidade, aposentadoria, auxílio reclusão, entre outros. 

E, além disso, é possível ser beneficiado com um plano odontologico para microempreendedor individual e outros serviços de saúde, garantindo qualidade de vida e até um melhor desempenho, visto que estarão mais tranquilos e saudáveis.

Mas, antes de entender tudo sobre o plano odontológico para as pessoas jurídicas, é preciso compreender o que exatamente é um MEI, quais funções se categorizam nessa condição, como é possível contratar esse tipo de assistência médica e quais são seus benefícios.  

O que é um MEI

O MEI é um sistema tributário que permite que os profissionais autônomos possam ser classificados como micro ou pequenos empreendedores, sem que seja necessário o pagamento de diversos impostos federais que são exigidos para empresas de maiores portes.

Assim, por meio do Simples Nacional, o trabalhador que recebe até R$81.000 anuais, passa a ter um CNPJ e a emitir a Nota Fiscal. Além disso, ele pode contratar até um funcionário e passará a ser beneficiado por todos os direitos trabalhistas.

Contudo, para desfrutar desses direitos, é fundamental que o trabalhador pague corretamente os tributos exigidos para essa categoria, que abrange exclusivamente o Simples Nacional. Esse é um imposto fixo mensal que é adaptado para cada área de atuação.

Por exemplo, os serviços relacionados a comércio ou indústria têm uma taxa obrigatória que varia entre R$49,00 e R$50,90. Enquanto isso, os valores para a prestação de serviços flutuam entre R$54,90 e R$55,00.

Quem pode abrir um MEI?

No entanto, antes de iniciar o processo de abertura do MEI é preciso estar atento a algumas condições, uma vez que nem todas as funções desempenhadas são aceitas pelo Simples Nacional. 

Deste modo, as principais exigências para a abertura do MEI são:

  • Não ultrapassar o teto de receita anual – citado anteriormente;

  • A contratação de no máximo um funcionário;

  • Que o negócio não tenha nenhum sócio;

  • Que o titular desse MEI não possua nenhuma outra empresa.

Fora isso, mais de 450 categorias de atividades são permitidas para a abertura do título de microempreendedor individual, sendo que as modalidades são divididas em três setores principais: comércio, serviço e indústria.

Assim, trabalhos que envolvem desde açougueiros, comerciantes de tecidos, cabeleireiros, eletricistas, até editor de revistas, pedreiro e diversos tipos de artesãos estão aptos a desfrutar desse benefício.

Se você está com dúvidas quanto à disponibilidade desse serviço para o seu tipo de negócio, a lista completa da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) está disponível no site Empresas e Negócios, vinculado ao Governo Federal.

O que é um plano odontológico para MEI?

Sem dúvidas, um dos maiores atrativos do MEI é o acesso aos direitos trabalhistas e os benefícios que trazem maior estabilidade e segurança para os autônomos, aliados às vantagens de atuar com seu próprio negócio.

Nesse contexto, o plano odontologico para CNPJ é um serviço exclusivo para esse público e traz adaptações para as suas necessidades.

Essa é uma assistência que é estendida para o funcionário contratado e ainda pode ser usufruída, inclusive, por até dois dependentes ou familiares – mas a quantidade varia de acordo com cada empresa e o tipo de plano contratado.

Os dependentes que podem ser abrangidos são os companheiros (as), filhos, pais, sogros, tios, avós, sobrinhos, padrasto ou madrasta, entre outros familiares que sejam mais próximos ao titular da assistência.  

Geralmente, os planos odontológicos são serviços que possuem um dos custos mais baixos do mercado, tem valores mensais pré-definidos por contrato e ainda podem ser dedutíveis no Imposto de Renda.

Desta forma, o trabalhador não precisa se preocupar com a própria saúde e nem com o bem-estar da família, visto que todos estarão assegurados.

Como os planos odontológicos para MEI funcionam

Muitas pessoas ainda têm dúvidas quanto a como funciona o plano odontologico da empresa MEI e até receiam esse tipo de serviço, devido aos altos custos que são de praxe entre os convênios médicos.

Contudo, os planos odontológicos vão na contramão das assistências de saúde e oferecem atendimentos mais em conta, que correspondem exatamente às necessidades de cada paciente e que se mostram ainda mais acessíveis em comparação com os gastos que podem ser necessários a cada tratamento.

Assim, antes de contratar um plano odonto empresarial é preciso avaliar quais são as principais necessidades do titular do microempreendimento, do colaborador do negócio e dos familiares beneficiários.

Isso porque os pacotes variam de preço, de acordo com as especialidades disponíveis.

Os planos mais básicos cobrem, obrigatoriamente, os tratamentos essenciais de menor complexidade, assegurados pela Agência Nacional de Saúde (ANS), incluindo:

  • Limpeza e profilaxia;

  • Aplicação de flúor;

  • Tratamento de canal e restaurações;

  • Tratamento de doenças gengivais;

  • Diagnósticos de condições nocivas;

  • Cirurgias e a remoção do dente do siso;

  • Exames panorâmicos e periapicais;

  • Atendimento emergencial;

  • Tratamento de problemas com a articulação temporomandibular;

  • Substituição dental por meio de próteses simples de resina ou metal.

Agora os serviços mais elaborados, além de contar com o atendimento de todas as exigências da ANS, ainda incluem serviços ortodônticos (como os aparelhos fixos ou móveis), tratamentos de dentística (como o clareamento dental ou a lente de contato), e toda a documentação necessária para a realização desses procedimentos.

No entanto, as especialidades acessadas também podem incluir a Implantodontia, Odontopediatria, Odontogeriatria, Próteses dentárias, Periodontologia e outras 16 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Por isso, é fundamental realizar pesquisas referentes à empresa que apresenta o valor mais acessível e os pacotes que melhor se adequam às necessidades de cada paciente e microempreendimento.

Vantagens dessa assistência

Investir em um plano odontologico para MEI apresenta diversos tipos de vantagens para os trabalhadores autônomos, sendo que a mais notável é a prevenção de condições de saúde que são capazes de impossibilitar o desempenho da função, comprometendo todo o negócio.

Mas, além disso, esses profissionais são beneficiados com:

  1. Acesso a profissionais qualificados

Os convênios odontológicos disponibilizam o acesso a uma rede completa de consultórios e dentistas altamente qualificados e experientes, que podem ser encontrados próximo ao local de trabalho ou à residência dos pacientes.

Assim, é mais fácil manter a constância das consultas e finalizar adequadamente todos os tratamentos necessários para garantir a saúde de todo o organismo.

  1. Cuidado com a aparência do sorriso

A realização de procedimentos que previnem doenças e melhoram a aparência dos dentes é essencial, principalmente para aqueles trabalhadores que lidam diretamente com o cliente, como os cabeleireiros ou vendedores.

Isso porque a aparência é muito importante para garantir o encantamento do consumidor e para melhorar as vendas, bem como se relacionar com tranquilidade.

Além disso, realizar tratamentos estéticos odontológicos ajuda na melhora da autoconfiança, produtividade e nos relacionamentos interpessoais.  

  1. Ampla cobertura

Dependendo do tipo de serviço e da empresa escolhida para disponibilizar essa assistência médica, o paciente pode estar tranquilo com a garantia do atendimento dental em qualquer lugar do Brasil.

Isso se dá porque muitas empresas já possuem uma cobertura regional – que possibilita o acesso a profissionais da sua cidade ou estado – e nacional, certificando um atendimento qualificado em qualquer lugar do país.  

  1. Familiarização do consultório

Como a odontologia é bastante intervencionista, muitos pacientes podem se sentir intimidados com o ambiente dos consultórios e com os médicos. 

No entanto, para que todos os procedimentos sejam realizados corretamente, é fundamental a criação de uma familiaridade com a equipe.

Assim, o convênio para MEI permite a visitação constante com os mesmos dentistas e a formação de laços de confiança entre os envolvidos, aumentando o conforto do atendimento e diminuindo as preocupações dos pacientes.

  1. Tranquilidade financeira

Como o convênio é pago mensalmente, as pessoas que utilizam esse serviço não precisam se preocupar com o pagamento ou os custos relativos aos tratamentos, ao final de cada sessão.

Isso auxilia na redução da apreensão pré-consulta e deixa os pacientes mais tranquilos com a realização dos cuidados bucais a longo prazo.

Além disso, independentemente do plano escolhido, geralmente os valores podem ser parcelados em vários meses, melhorando ainda mais a possibilidade de adesão dos planos odontológicos para os Microempreendedores Individuais.   

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Isenção de responsabilidade: Este é um conteúdo gerado pelo usuário para Blogueiro Convidado, uma iniciativa Blogueiro Convidado para permitir que sua comunidade contribua e seja ouvida. Os pontos de vista e escritos aqui refletem os do autor e não de BlogueiroConvidado.com.

Comentários para: Plano odontológico para MEI: saiba as vantagens

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *